Quantidade de Páginas visitadas

Técnico em informática  - Subsequente


1. APRESENTAÇÃO
2. OBJETIVOS
3. DADOS GERAIS DO CURSO
4. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DE CURSO
5. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR CONTENDO AS INFORMAÇÕES RELATIVAS À ESTRUTURA DO CURSO

1. APRESENTAÇÃO

O Curso Técnico em Informática visa o aperfeiçoamento na concepção de uma formação técnica que articule trabalho, cultura, ciência e tecnologia como princípios que sintetizem todo o processo formativo. O plano ora apresentado teve como eixo orientador a perspectiva de uma formação profissional como constituinte da integralidade do processo educativo.
Assim, os componentes curriculares integram-se e articulam-se garantindo que os saberes científicos e tecnológicos sejam a base da formação técnica. Por outro lado, introduziram-se disciplinas que ampliam as perspectivas do “fazer técnico” para que o estudante se compreenda como sujeito histórico que produz sua existência pela interação consciente com a realidade construindo valores, conhecimentos e cultura.
A organização dos conhecimentos, no Curso Técnico em Informática enfatiza o resgate da formação humana onde o aluno, como sujeito histórico, produz sua existência pelo enfrentamento consciente da realidade dada, produzindo valores de uso, conhecimentos e cultura por sua ação criativa.
A área de informática está no quotidiano do trabalho em todos os setores econômicos e presente em várias etapas do processo produtivo, do comércio e dos serviços exercendo a condição de base para o perfeito funcionamento do sistema. Por outro lado, a informática está presente no cotidiano de todas as pessoas. Assim é uma área que demanda permanente atualização e apresenta uma crescente exigência de trabalhadores qualificados. O uso da informática disseminou-se nos últimos anos, criando a necessidade de profissionais de diversos níveis com capacidades para criar, especificar e manter funcionando sistemas computacionais de tamanhos e características variadas. Profissionais de nível técnico na área de informática são importantes na disseminação e popularização da mesma.
Uma parcela da população jovem que concluiu o ensino médio e que não escolheu ou logrou continuar seus estudos a nível superior e que pretende ingressar no mundo do trabalho com uma capacitação que lhe amplie as possibilidades tem no curso técnico subseqüente a oportunidade de fazê-lo em tempo reduzido.

2. OBJETIVOS

a. Organizar experiências pedagógicas que levem à formação de sujeitos críticos e conscientes, capazes de intervir de maneira responsável na sociedade em que vivem;
b. Oferecer um processo formativo que assegure a integração entre a formação geral e a de caráter profissional de forma a permitir tanto a continuidade nos estudos como a inserção no mundo do trabalho.
c. Articular conhecimentos científicos e tecnológicos das áreas naturais e sociais estabelecendo uma abordagem integrada das experiências educativas.
d. Oferecer um conjunto de experiências teórico-práticas na área de informática com a finalidade de consolidar o “saber fazer”.
e. Formar para o exercício da cidadania, com entendimento da realidade social, econômica, política e cultural do mundo do trabalho, para a atuação de forma ética como sujeito histórico;
f. Proporcionar a formação de um profissional capaz de identificar os elementos básicos da informática, os sistemas operacionais, as diferentes linguagens de programação e os elementos de qualidade de softwares, multimídia, conhecimento técnico para aperfeiçoar e desenvolver a automação das tarefas relacionadas ao cotidiano da vida profissional;
g. Preparar profissional de nível técnico com capacidade par criar e manter projetos de softwares simples;
h. Fornecer ao educando a competência para preparar o ambiente computacional para instalação/operação de sistemas;
i. Formar profissional com competência para especificar sistemas computacionais;
j. Destacar em todo o processo educativo a importância da preservação dos recursos e do equilíbrio ambiental.

3. DADOS GERAIS DO CURSO

Habilitação Profissional: Técnico em Informática
Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação
Forma: Subseqüente
Carga horária total do curso: 1.360 horas/aulas - 1.133 horas
Regime de funcionamento: de 2ª a 6ª feira, no(s) período(s): (manhã, tarde e/ou noite)
Regime de matrícula: Semestral
Número de vagas:.........por turma. (Conforme m² - mínimo 30 ou 40)
Período de integralização do curso: Mínimo de 18 meses e máximo de cinco anos
Requisitos de acesso: Ter concluído o Ensino Médio
Modalidade de oferta: Presencial

4. PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO DE CURSO

O Técnico em Informática, domina conteúdos e processos básicos relevantes do conhecimento científico, tecnológico, cultural e das diferentes modalidades de linguagem necessárias para a autonomia intelectual e moral.
O Técnico em Informática estará apto para desenvolver programas de computador, seguindo as especificações e paradigmas da lógica de programação e das linguagens de programação. Utiliza ambientes de desenvolvimentos de sistemas, sistemas operacionais e banco de dados. Realiza testes de software, mantendo registro que possibilitem análises e refinamento dos resultados. Executa manutenção de programas de computadores implantados.

5. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR CONTENDO AS INFORMAÇÕES RELATIVAS À ESTRUTURA DO CURSO


a. Descrição de cada disciplina contendo ementa:



1. ANÁLISE E PROJETOS
Carga horária total: 160 h/a
Teoria: 80 h/a
Prática: 80h/a

EMENTA:
Introdução a Sistemas de Informação; Levantamento e Modelagem de Dados; Análise e Desenvolvimento de Sistema.
CONTEÚDOS:
- Fases da concepção de projetos;
- Influência dos sistemas de hardware e de software na fase de desenvolvimento;
- Estudo do sistema de informação de uma empresa; Conceitos e fundamentos de desenvolvimento estruturado de sistema de informações;
- Ciclo de vida de sistemas;
- Procedimentos operacionais passíveis de sistematização;
- Técnicas de entrevistas e levantamentos de necessidades;
- Requisitos para a elaboração de projetos consistentes;
- Desenvolvimento, montagem de organogramas e diagramas;
- Técnicas de montagem de proposta e avaliação da proposta de informatização;
- Ferramentas para desenvolvimento de projetos;
- Diagrama de Entidade e Relacionamentos (DER); Diagrama de Fluxo de Dados (DFD);
- Criação de dicionários de dados;
- Especificação de processos; Objetivo e importância dos relatórios de sistema;
- Apresentação de projeto final;
- Ferramentas de modelagem de sistemas.
BIBLIOGRAFIA
CIENFUEGOS, F.; VAITSMAN, D. Análise Instrumental, Editora Interciência, Rio de Janeiro, 2000.
DEMARCO, Tom. Análise Estruturada e Especificação de Sistemas. São Paulo: Editora Campus, 1989
DAVID. W. S. Análise e projeto de sistema uma abordagem estruturada. RJ. LTC, 1994.
GANE, C & SARSON, T. Análise Estruturada de Sistemas. Rio de Janeiro , LTC, 1983.
GUSTAFSON, David. Teoria e problemas de engenharia de software. Porto Alegre: Bookman, 2003, 207p.: il. (Coleção Schaum).
CORREIA , Carlos Henrique & TAFNER, Malcon Anderson. Análise Orientada a Objeto. 2ª edição Florianópolis. Editora Visual Books 2006.
NASCIMENTO Luciano Prado Reis. O usuário e o desenvolvimento de Sistemas Florianópolis Visual Books 2003.
POMPILHO, S. Análise Essencial: Guia Prático de Análise de Sistemas, Rio de Janeiro. Ciência Moderna, 2002.

2. BANCO DE DADOS
Carga horária total: 80 h/a
Teoria: 40 h/a
Prática: 40h/a

EMENTA:
Conceitos, definição e aplicação de bancos de dados. Modelagem de dados. Mecanismos de acesso e consulta.
CONTEÚDOS:
 Conceitos e características;
 Tipos de Banco de Dados;
 Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados;
 Modelo de Dados, conceitos, objetivos e relacionamentos;
 Modelo de Entidades e Relacionamentos, conceitos e arquitetura;
 Normalização de Dados, conceitos, funcionalidades e processos;
 Linguagem de Consultas – SQL, conceitos e funcionalidades;
 Conexões com o banco de dados.
BIBLIOGRAFIA
MONTEIRO. E. Projeto de sistemas e Banco de Dados. Brasport. 2004.
SETZER, Valdemar W., SILVA Flavio Soares Corrêa da. BANCOS DE DADOS. Edgard Blucher. 1 ª EDIÇÃO.
DATE C J. Introdução a Sistemas de Banco de Dados. Ed. Campus.
ELMASRI Ramez E., NAVATHE Shamkant. Sistema de Banco de Dados. Pearson/Pretice Hall. 4 ª edição.

3. FUNDAMENTOS DO TRABALHO
Carga horária total: 40 h/a
Teoria: 40 h/a

EMENTA:
O Trabalho Humano nas perspectivas ontológica e histórica: o trabalho como realização da humanidade, como produtor da sobrevivência e da cultura: o trabalho como mercadoria no industrialismo e na dinâmica capitalista. As transformações no mundo do trabalho: tecnologias, globalização, qualificação do trabalho e do trabalhador.
CONTEÚDOS:
 Dimensões do trabalho humano;
 Perspectiva histórica das transformações do mundo do trabalho;
 trabalho como mercadoria: processo de alienação;
 Emprego, desemprego e sub-emprego;
 processo de globalização e seu impacto sobre o mundo do trabalho;
 impacto das novas tecnologias produtivas e organizacionais no mundo do trabalho;
 Qualificação do trabalho e do trabalhador;
 Perspectivas de inclusão do trabalhador na nova dinâmica do trabalho.
BIBLIOGRAFIA
AGUIAR, Maria Aparecida Ferreira de. Psicologia aplicada à administração: teoria crítica e a questão ética nas organizações. São Paulo: Excellus, 1992.
ARANHA, M. L.A. História da Educação. São Paulo: Moderna, 1996.
DURKHEIM. E. Educação e Sociologia. 6 ed. Trad. Lourenço Filho. São Paulo: Melhoramentos, 1965.
FERNANDES, Florestam. Fundamentos da explicação sociológica – 3 ed. Rio de Janeiro:
MAXIMIANO, Antônio C. A. Teoria Geral da Administração: Da Revolução Urbana à Revolução Digital. São Paulo: Atlas, 2002.
NUNES, Benedito. Introdução à Filosofia da Arte. 3. ed. Série: Fundamentos. N.38. São Paulo: Ática, 1991.
SPECTOR, Paulo E. Psicologia nas organizações. São Paulo: Saraiva, 2002.


4. FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES
Carga horária total: 80 h/a
Teoria: 40 h/a
Prática: 40h/a


EMENTA:
Evolução Histórica dos Computadores, Componentes de Hardware e Software, Representação de Dados, Sistemas de Numeração. Introdução, Tipos e Evolução das arquiteturas.
CONTEÚDOS:
 Histórico e evolução dos computadores;
 Conceitos de hardware e software;
 Tipos de sistemas e linguagens;
 Entrada, processamento e saídas de dados;
 Bit e bytes e seus múltiplos;
 Sistemas Numéricos e sua representação;
 Dispositivos de entrada e saída;
 Tipos de armazenamento;
 Classificação de computadores;
 Modelos de sistemas digitais: Unidades de Controle e Processamento;
 Conceitos básicos de arquitetura: Endereçamento, tipo de dados, conjuntos de instruções e interrupções;
 Organização de Memória;
 Processamento paralelo e Multiprocessadores;
 Desempenho de arquiteturas de computadores.
BIBLIOGRAFIA
GREG, Abrahan Silberschatz, GALVN, Gagne Peter Baer. Fundamentos de Sistemas Operacionais. Editora LTC.
MARCULA, M. Informática: Conceitos e Aplicações. Erica. 2003.
MEIRELLES. F. Informática: Novas Aplicações com Microcomputadores. Makron Books. 2000.
MONTEIRO, Mario A. Introdução à Organização de Computadores. LTC.
MURDOCCA, Miles. Introdução à Arquitetura de Computadores. Ed. Campus.
TANENBAUM, Andrew S. Organização Estruturada de Computadores. LTC.
TOLEDO, Cláudio Alexandre de. Informática – Hardware, Software e Redes. Editora Yalis.
WEBER, Raul Fernando. Fundamentos de Arquitetura de computadores. Sagra-DC Luzzatto.


5. INFORMÁTICA INSTRUMENTAL
Carga horária total: 80 h/a
Teoria: 20 h/a
Prática: 60h/a

EMENTA:
Conceitos básicos e ferramentas do sistema operacional, Editoração Eletrônica, Planilha Eletrônica e Gerenciador de Apresentação.
CONTEÚDOS:
 Uso adequado do teclado (Noções de Digitação);
 Introdução ao sistema operacional;
 Manipulação de arquivos e pastas;
 Configuração de componentes do sistema operacional;
 Instalação de programas;
 Manipulação de disquetes, CD, DVD, Pen Drivers;
 Editoração Eletrônica;
 Criação e formatação de textos;
 Configuração e layout de páginas;
 Tabelas;
 Mala direta;
 Impressão de arquivos;
 Revisores ortográficos e gramaticais;
 Criação e formatação de planilhas;
 Fórmulas e funções; Classificação, filtro e totalização de dados; Gráficos;
 Utilização de programa de apresentação.
BIBLIOGRAFIA
MANZONO, J. G. Open Office.org versão 1.1 em português guia de aplicação 1ª ed - São Paulo, ed. Érica 2003.
SAWAYA, Márcia Regina. Dicionário de Informática e Internet: Inglês/Português. 3ª. Edição. Editora Nobel.
CAPRON, H.L. JOHNSON J. A. Introdução à Informática. Prentice – Hall.

6. INGLÊS TÉCNICO
Carga horária total: 40 h/a
Teoria: 40 h/a

EMENTA:
Leitura, escrita e interpretação de textos técnicos de informática na língua inglesa.
CONTEÚDOS:
 Textos diversos de informática;
 Vocabulário de termos de hardware e software;
 Utilização de dicionário e manuais técnicos de informática;
 Regras gramaticais mais comuns.
BIBLIOGRAFIA
BOHN, H. I. Maneiras inovadoras de ensinar e aprender: A necessidade de des(re)construção de conceitos. In. LEFFA, V. O professor de Línguas Estrangeiras. Construindo a Profissão. Pelotas: EDUCAT, 2001.
CELANI, M. A. A. As línguas estrangeiras e a ideologia subjacente à organização dos currículos da escola pública. São Paulo: Claritas, 1994.
JORDÃO, Clarissa Menezes. A língua estrangeira na formação do indivíduo. Curitiba: mimeo, 2004.
STEVENS, C.M.T.; CUNHA, M.J.C. (orgs.). Caminhos e colheita: ensino e pesquisa na área do ensino de inglês no Brasil. Brasília: Ed. Universidade de Brasília, 2003.

7. INTERNET E PROGRAMAÇÃO WEB
Carga horária total: 240 h/a
Teoria: 120 h/a
Prática: 120h/a

EMENTA:
Histórico, Evolução e Serviços de Internet. Segurança; Ferramentas, Projetos (Design) e Desenvolvimento de Páginas Estáticas e Dinâmicas.
CONTEÚDOS:
 Histórico;
 A comunicação na Internet.;
 Tipos de conexão, banda estreita e banda larga;
 Protocolos da Internet (família TCP/IP e www);
 Navegadores;
 Mecanismo de busca;
 Correio eletrônico;
 Fórum de discussão;
 Layout, desenvolvimento e design;
 Linguagem para desenvolvimento de aplicações WEB;
 Organização de páginas estáticas e dinâmicas; Servidor de base de dados;
 Ferramentas de acesso à base de dados;
 Segurança do usuário e proteção de dados;
 Estilos de páginas.
BIBLIOGRAFIA
ALMEIDA Marcus Garcia de, ROSA Pricila Cristina. Internet, Intranet E Redes Corporativas. Editora Brasport.
ASCENCIO Ana Fernanda Gomes, CAMPOS Edilene Aparecida Veneruchi. Fundamentos da programação de computadores – Algoritimo, Pascal, C/C++ e Java. Editora Pearson/Prentice Hall.
BABIN Lee. AJAX COM PHP: do iniciante ao profissional. Alta Books.
DEITEL, Harvey M. & Deitel, Paul J.. Java: como Programar. Prentice – Hall.
JANOTA Dauton, TULLIO Bruno &. FLASH 8: OOP E PHP 5. Editora Axcel.
MELO Alexandre Altair de, NASCIMENTO Mauricio G. F. PHP Profissional - Aprenda a Desenvolver Sistemas Profissionais Orientados a Objetos com Padrões de Projeto. Novatec.
NOGUEIRA Hugo. Flash 8 com administração remota em PHP e MySQL. Ciência Moderna.
PUGA, Sandra, RISSETTI, Gerson. Lógica de Programação e Estrutura de Dados: Com Aplicações Em Java. Editora Pearson Prentice Hall.
SETZER, Valdemar W. Fábio KON; Introdução à Rede Internet e seu Uso, São Paulo; ed Edgard Blucher.
TONSON Laura, WELLING Luke. Php e Mysql: Desenvolvimento da Web. Campus.
TORRES, G. Redes de Computadores – Curso Completo. Axcel. 2001.

8. LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO
Carga horária total: 240 h/a
Teoria: 120 h/a
Prática: 120h/a

EMENTA:
Abstração e resolução de problemas. Desenvolvimento e formas de representação de algoritmos. Tipos de dados, operadores matemáticos e estruturas de controle. Conceitos de linguagens de programação e ambientes de desenvolvimento.
CONTEÚDOS:
 Etapa para resolução de um problema via computador;
 Conceitos básicos;
 Seqüência lógica;
 Conceitos de tipos de dados e instruções primitivas;
 Operadores matemáticos;
 Variáveis e constantes;
 Tabela verdade;
 Representação e implementação de algoritmos;
 Pseudocódigo;
 Regras para construção de algoritmos;
 Comandos de entrada e saída;
 Estrutura de controle (seqüencial, condicional e repetição);
 Teste de mesa;
 Implementação de algoritmos;
 Conceitos e operações com arquivos;
 Modelo de programação;
 Sintaxe da Linguagem de Programação;
 Organização do código, modularização;
 Elementos de controle;
 Operações e propriedades;
 Fase de desenho e fase de execução;
 Tipos de controles;
 Dados, escopo de variáveis e constantes;
 Mecanismos de programação;
 Funções e procedimentos;
 Detecção e prevenção de erros de sintaxe;
 Erros semânticos;
 Criação da interface;
 Geração de Relatórios;
 Orientação a Objetos.
BIBLIOGRAFIA
BOENTE Alfredo. Construindo algoritmos computacionais: Lógica de Programação. Brasport.
CARBONI Irenice de Fátima. Lógica de Programação. Thomson Learning (Pioneira).
FORBELLONE André Luiz, EBERSPACHER Henri F. Lógica de Programação – A construção de algoritmos e estruturas de dados. 3ª Ed. Pearson/Prentice Hall.
MANZANO, Jose Augusto N. G. Algoritmos: lógica para desenvolvimento de programação em computadores. Editora Érica. 2002.
SAID, Ricardo. Curso de Lógica de Programação. Digerati/Universo de livros.
SENAC. Construção de Algoritmos. Editora Senac.
SOUZA, Marco Antonio Furlan de, GOMES Marcos Marques, SOARES Marcio Vieria. Algoritmos e Lógica de Programação. Editora Thomson.
XAVIER Gley Fabiano Cardoso. Lógica de Programação. Senac.
ZAVIANI. N. Projeto de Algoritmos: Com Implementação em Pascal e C. Thonson. 2000.

9. MATEMÁTICA
Carga horária total: 40 h/a
Teoria: 40 h/a

EMENTA:
Conceitos básicos relacionados às formas espaciais e quantidades e de procedimentos matemáticos na resolução de problemas.
CONTEÚDOS:
 Operações básicas;
 Frações;
 Expressões numéricas;
 Potências;
 Radiciação;
 Trigonometria;
 Equações do Primeiro Grau;
 Equações de segundo Grau;
 Regra de três simples;
 Logarítimos;
 Matrizes.
BIBLIOGRAFIA
GOULART, Márcio C. Matemática no Ensino Médio. São Paulo, Editora Scipione, 1999.
MARCONDES, Sérgio G. Matemática: volume único, 7ª ed. São Paulo, Editora Ática, 2003.

10. PRÁTICA DISCURSIVA E LINGUAGENS
Carga horária total: 40 h/a
Teoria: 40 h/a

EMENTA:
Metodologia de produção e apresentação de trabalhos, instrumentos de coletas de dados.
CONTEÚDOS:
 Conceitos de metodologia científica;
 Tipos de conhecimento - popular, científico, filosófico e teológico;
 Tipos de pesquisa – documental, de campo, experimental e bibliográfica;
 Leitura e interpretação de texto;
 Resumos,
 Resenhas e Relatórios;
 Coleta de dados - questionário, entrevista e formulário;
 Normas da ABNT;
 Etapas de um Projeto de Pesquisa.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
BASTOS, C. Et al. Introdução à Metodologia Científica. Petrópolis: Vozes, 1993.
CANONICE, B.C.F. Manual para elaboração de Trabalhos Acadêmicos. Maringá: Unicorpore. 2006.

11. REDES E SISTEMAS OPERACIONAIS
Carga horária total: 160 h/a
Teoria: 80 h/a
Prática: 80h/a

EMENTA:
Histórico, conceitos, estrutura e dispositivos de Sistemas Operacionais. Fundamentos de comunicação de dados, introdução às redes de computadores, protocolos de comunicação, serviços de rede, projeto de redes, conceitos básicos de segurança em redes de computadores.
CONTEÚDOS:
 Histórico e evolução dos Sistemas Operacionais;
 Introdução aos Sistemas Operacionais;
 Tipos de Sistemas Operacionais;
 Estruturas de sistemas Operacionais;
 Serviços e chamadas de um sistema operacional;
 Conceito de processo;
 Conceitos de transmissão de dados;
 Tipos de transmissão de dados;
 Largura de banda;
 Conceito de modulação e multiplexação de dados;
 Meios de transmissão;
 Equipamentos de rede;
 Conceito de redes LAN e WAN;
 Modelos de Referência OSI;
 Protocolos de comunicação em redes;
 Endereçamento IP;
 Cabeamento estruturado;
 Instalação e configuração de rede.
BIBLIOGRAFIA
CARMONA, Tadeu. Segredos das Redes de Computadores. 2ª Ed. Editora Digerati / Universo de livros.
COMER, Douglas E. Redes de computadores e internet. 4ª edição. Editora Artmed.
DANTAS Mário. Tecnologia de Redes de comunicação e computadores. Editora AXCEL.
DEITEL Choffnes. SISTEMAS OPERACIONAIS. Editora Person.
FERREIRA, Hugo Barbosa. Redes de Planejamento: Metodologia e prática com PERT/CPM E MS PROJECT. Editora Ciência Moderna.
GAGNE, Abrahan Silberschatz Greg, GALVN, Peter Baer. Fundamentos de Sistemas Operacionais. Editora LTC.
GALLO, M.A. Comunicação entre Computadores e Tecnologias de Rede, Thomsnon. 2003.
GOUVEIA José, MAGALHÃES Alberto. Redes de Computadores. Editora LTC.
GUIMARÃES Alexandre Guedes, LINS Rafael Dueire, OLIVEIRA Raimundo Corrêa. Segurança em Redes privadas Virtuais – VPNS. Editora Brasport.
MATTHEWS Jeanna. Redes de computadores – Protocolos de Internet em Ação. Editora LTC. 2006.
MENDES Douglas Rocha. Redes de Computadores: Teoria e Prática. Editora Novatec.
NAKAMURA Emílio Tissato, GEUS Paulo Licio. Segurança de Redes em Ambientes Cooperativos. Editora Novatec.
STARLIN Gorki. TCP/IP: Redes de computadores e Comunicação de dados. Editora Alta Books.
TANENBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. Campus.
TANENBAUM Andrew S, WOODHULL Albert S. Sistemas Operacionais: Projetos e Implementação. Editora Bookman.
TORRES, G. Redes de Computadores – Curso Completo. Axcel. 2001.
VIGLIAZZI Douglas. Rede Locais com Linux. 2ª edição. Editora Visual Books.

12. SUPORTE TÉCNICO
Carga horária total: 160 h/a
Teoria: 100 h/a
Prática: 60h/a

EMENTA:
Componentes, instalação, configuração e manutenção de computadores, periféricos e software.
CONTEÚDOS:
 Alimentação;
 Montagem e configuração de computadores;
 Instalação de Sistemas Operacionais e aplicativos;
 Conexão e configuração de periféricos;
 Diagnóstico de defeitos e erros.
BIBLIOGRAFIA
TORRES. G. Manutenção e Configuração de Micros. Axcel Book. 1997.
TORRES. G. Hardware Fácil & Rápido. Axcel Book. 1997.








Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito